Você vê a vida como uma sucessão de responsabilidades ou como uma infinidade de oportunidades? Você sente como se mais portas tivessem se fechando ou abrindo na sua vida? Você é daqueles que deixam a vida te levar ou daqueles que fazem a vida acontecer? Você encara sua vida de forma passiva ou ativa?

Estas são perguntas que não refletem apenas seu ponto de vista positivo ou negativo com relação à vida, mas principalmente sua vontade de realizar seus sonhos, sua vontade de fazer as coisas acontecerem na sua vida, sua atitude.

A maioria das pessoas andam pela vida com medo, sem certeza para onde estão indo e com uma mentalidade fraca, de aceitação daquilo que esta acontecendo para elas. Elas preferem se segurar em um emprego mediano, mas “estável”; em um relacionamento cheio de brigas, mas “duradouro”; em uma vida tediosa, mas “segura”, do que se arriscar e fazer com que seus sonhos e desejos se tornem realidade.

Tudo isso é, basicamente, medo da vida. É omissão da vida. É preferir ficar na mesma vidinha monótona e tediosa, mas estável e segura, de agora do que lutar pela vida que sempre sonhou.

Pain gain encara vida

Lembre-se: No Pain, No Gain

Acredito que, agora, você já deve ter uma noção de que grupo esta: das pessoas passivas, que aceitam a vida da maneira que lhes é apresentada, ou das pessoas ativas, que vão atrás e fazem a vida acontecer. E este reconhecimento é, provavelmente, o passo mais importante.

Eu mesmo já passei por esta fase e sei que não é fácil reverter a maneira como você encarou sua vida até agora, mas lembre-se: No pain, no gain. É preciso admitir e reconhecer que para conseguir as coisas maravilhosas que sempre desejou, é preciso dar a cara a bater, arriscar, correr o risco de fracassar e de receber um não. Mas após, caso ocorra, este fracasso, é hora de mudar sua visão da vida e, ao invés de encará-lo como uma derrota, encará-lo como uma experiência e aprender com isso.

É assim que agem as pessoas de sucesso, as pessoas de atitude. Eles não só sabem que a vitória e a derrota andam de mãos dadas, mas principalmente que o risco que eles correm é insignificante perto da recompensa que um dia poderá ter. E agora você também sabe.

É preciso deixar um pouco de lado esta visão de que a vida é apenas feita de responsabilidades, e começar a vê-la como uma aventura. A partir do momento que você parar de se levar tão a sério e começa a encará-la como uma aventura, você se surpreenderá com as possibilidades e oportunidades que aparecerão à sua frente. *Recomendo o texto: “Você aproveita as oportunidades da vida?

Só que de nada adianta elas aparecerem e você ter medo de agarra-las. É preciso arriscar, ter atitude e confiar que você pode e deve fazer as coisas acontecerem. A vida é feita de segundos e cada segundo perdido é uma oportunidade também perdida, por isto você não tem tempo para ser preguiçoso, inseguro ou ficar pensando muito. Vá e se arrisque, faça o que deve ser feito para que seu sonho se realize, não tenha medo de ser cara de pau. Tentou e não deu certo? Nada de desanimo, lembre-se da colocação a respeito das pessoas de sucesso acima e tenha certeza que, no mínimo, foi uma experiência nova em sua vida, além do aprendizado.

Por fim, deixo um vídeo que resume bem esta ideia de oportunidades e atitudes, e como elas podem mudar totalmente nossas vida.

 

instagram viagem surf skate
Caso você queira saber mais e ficar atualizado sobre o Vida Outside siga o Instagram @thmancini e se cadastre no campo abaixo.

Você receberá dois emails mensais contendo os melhores textos, vídeos e novidades da semana sobre aventuras, surf, skate, esportes radicais e viagens.

(sua privacidade é garantida e livre de spam)



Comentários

comments