Quando que eu iria imaginar que a bicicleta faria parte do meu dia-a-dia em São Paulo? Enquanto estava em Londres, ela era meu meio de transporte preferido, seja pela facilidade e o baixo preço de se “alugar” uma bicicleta, como também pelo respeito dos motoristas e as ciclofaixas que existem em grande parte da região central (é realmente incrível a quantidade de pessoas que a utilizam como meio de transporte). Só não imaginava que a bike continuaria fazendo parte da minha rotina mesmo após voltar para o Brasil.

Bicicleta dia a dia ruas

A bicicleta, finalmente, esta na moda em nosso país. Seja pedalar apenas para relaxar, para exercitar as pernas, embarcar em aventuras e trilhas, ou para ir ao trabalho, o fato é que cada vez mais pessoas estão aderindo ao uso da “magrela” em seu dia-a-dia. Basta olhar pelas ruas e você verá cada vez mais pessoas se utilizando da bicicleta como meio de transporte. Pode parecer coisa de “louco” quando se pensa a respeito num primeiro momento (é até engraçado quando você comenta que veio pedalando, seja para o trabalho, faculdade ou qualquer outro lugar, a resposta mais constante é “Que coragem!”), mas o que eu posso dizer é que é bem mais simples do que você imagina, basta começar. O primeiro passo será o mais difícil, mas acorde um dia e diga: “É hoje!” e saia de casa pedalando.

Eu mesmo relutei no começo em ir de bicicleta até a faculdade, mas seria esta opção ou encarar o transito caótico das 6 horas da tarde. Entre algumas das dificuldades que eu impunha para mim mesmo estavam a segurança de passar por uma via muito movimentada, a distância de 11km, o tempo que levaria, que chegaria todo suado e até mesmo a preguiça que teria, mas grande parte destas “imposições” foram superadas logo na primeira pedalada.

Um dia antes de começar as aulas resolvi fazer o teste. Pedalei junto com meu pai por um percurso paralelo a avenida movimentada e logo chegamos na faculdade. Desde então notei que aderir a bicicleta como meio de transporte não só seria possível, como seria muito melhor.

A distância, por mais que nos primeiros dias parecesse grande, se mostrou bastante tranquila com o tempo. Os motoristas se mostraram mais respeitosos do que esperava. O tempo que costumo levar é metade do que se eu fosse de carro ou pegasse um ônibus. E sim, eu chego suado, mas nada que uma muda de roupa na mala para trocar, uma toalha para lavar o rosto e um desodorante não resolvam. Isso sem levar em conta os benefícios naturais de se ter a bicicleta em seu dia a dia como a pratica de uma atividade ao ar livre, a economia que se tem em não utilizar o carro, a ajuda que isso faz ao nosso ambiente urbano e ao planeta, adquiri maior condicionamento físico, entre outras vantagens, como se sentir melhor e mais feliz. Eu costumo chegar bem mais disposto e animado para as aulas.

bicicleta aventura dia

Lógico que nem tudo é perfeito. A estrutura de ciclovias em São Paulo esta longe de ser das melhores, mas acredito que com o tempo ela irá sim melhorar. Assim como a implantação do sistema de aluguel de bicicleta em alguns lugares pelo Itaú, o Bike Sampa, que foi ótima e é bastante utilizado pelo paulistano. Mas ainda falta, principalmente, a cultura necessária para uma cidade que quer ter a bicicleta como meio de transporte, tanto por parte dos motoristas, como também dos próprios ciclistas. É preciso que este, garanta a sua segurança com equipamentos como capacete e iluminação, sinalizar sempre, evitar contra mão, passar no farol vermelho e utilizar a calçada, escolher antecipadamente um trajeto um pouco mais longo só que menos movimentado, entre outros recursos para que se tenha uma boa convivência no transito.

Por fim, o que posso falar é, novamente: Comece! Faça um esforço, dê o primeiro passo, insista um pouco para que a bicicleta se torne parte de seu dia a dia e você verá sua vida mudar para melhor. Você sentirá a sensação maravilhosa que é passar os inúmeros carros parados por causa do transito e até mesmo a satisfação de ter terminado aquela subida de deixar suas pernas ardendo, sendo que em alguma parte virá a descida e você vai embora feliz e sorridente com o vento passando por seu rosto.

Acredito que grande parte das pessoas desabituaram-se a andar de bicicleta, por isso acho importante incentivar o retorno desta atividade não só como forma de lazer, mas principalmente como meio de transporte seja para o trabalho ou qualquer outro lugar, pelo bem de nossa saúde, do nosso ambiente urbano e do futuro de nosso planeta. Dê uma chance a si mesmo, suba na bicicleta e pedale! Aproveite também para compartilhar conosco suas experiências com a “magrela”.

 

instagram viagem surf skate
Caso você queira saber mais e ficar atualizado sobre o Vida Outside siga o Instagram @thmancini e se cadastre no campo abaixo.

Você receberá dois emails mensais contendo os melhores textos, vídeos e novidades da semana sobre aventuras, surf, skate, esportes radicais e viagens.

(sua privacidade é garantida e livre de spam)



Comentários

comments